Foi num jantar em Santos
Numa noite de quinta feira
Que a Tuna foi sair
E apanhou uma bebedeira

A comida estava má
Mas o vinho era bom
Pôs-nos logo a cantar
E assim nos desgraçou

Venha mais uma rodada
Para a mesa cá do canto
A malta já está mamada
Seja tinto ou seja branco

Ela puxa da garrafa
Nós pedimos garrafão
Tem que dar para a tuna toda
Pra animar a actuação…

Guitarras desafinadas
E a bandeira bailava torta
E o raio do contrabaixo
Já não cabia na porta

Não queria beber mais
Mas o chefe insistia
Só mais uma rodada
Porque amanhã também é dia..