O segredo a descobrir está fechado em nós
O tesouro brilha aqui, embala o coração mas
Está escondido nas palavras e nas mãos ardentes
Na doçura de chorar, nas carícias quentes.

No brilho azul do ar uma gaivota
No mar branco de espuma sonoro
Curiosa espreita as velas cor-de-rosa
À procura do nosso tesouro.

O segredo a descobrir está fechado em nós
O tesouro brilha aqui, embala o coração, mas
Está escondido nas palavras e nas mãos ardentes
Na doçura de chorar, nas carícias quentes.

Na brisa brinca como uma gazela
Sobre a Torre Branca e a Rua do Ouro
Curiosa espreita a festa da janela
À procura do nosso tesouro.

O segredo a descobrir está fechado em nós
O tesouro brilha aqui, embala o coração, mas
Está escondido nas palavras e nas mãos ardentes
Na doçura de chorar, nas carícias quentes.

2011

Letra: Francesco de Melis e Emma Scoles
Composição: Ennio Morricone
Adaptação para a Tuna Económicas: Frederico “Snaitas” Pereira e João “Aramis” Correia

‎ ‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‏‏‎ ‎‎